Avó de vaqueiro de AL eletrocutado no TO chora ao se lembrar que falou com neto no dia do acidente

0
14
avo-de-vaqueiro-de-al-eletrocutado-no-to-chora-ao-se-lembrar-que-falou-com-neto-no-dia-do-acidente
Avó de vaqueiro de AL eletrocutado no TO chora ao se lembrar que falou com neto no dia do acidente

Esdras Ferro, de 21 anos, e seu cavalo morreram após sofrerem choque elétrico no Tocantins. Ele era de Minador do Negrão, no interior de AL.


Avó de vaqueiro de AL eletrocutado no TO chora ao se lembrar que falou com neto no dia do

Avó de vaqueiro de AL eletrocutado no TO chora ao se lembrar que falou com neto no dia do

“Ontem eu falei com ele logo cedo. Ele muito feliz, porque tinha ganhado uma vaquejada. Já estava se organizando para passar para outra vaquejada. Muito feliz. Muito feliz. De repente, veio a notícia que o meu filho se acabou”, disse Djanira Gomes de Lima.

O alagoano vinha se destacando nas vaquejadas e já tinha conquistado vários prêmios. Ele morava sozinho em Minador do Negrão, interior de Alagoas, mas estava sempre na casa dos avós, na mesma cidade.

Vaqueiro Esdras Ferro, 21 anos, ganhou vários prêmios com vaqueja — Foto: Arquivo Pessoal

Segundo testemunhas, na tarde de segunda-feira (15), o vaqueiro e o tratador de cavalos que o acompanhava foram puxar a passarela do caminhão para descer o cavalo quando sofreram o choque e ficaram grudados no veículo.

Pessoas que viram o acidente tentaram ajudar, mas só conseguiram desgrudar o tratador. O vaqueiro chegou a ser levado para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Augustinópolis, mas não resistiu.

O cavalo branco que estava com Esdras também morreu. O corpo do vaqueiro deve chegar a Alagoas na quinta-feira (18) e o sepultamento está previsto para segunda (22).

Vaqueiro alagoano de 21 anos morre após choque elétrico em caminhão no Tocantins

Vaqueiro alagoano de 21 anos morre após choque elétrico em caminhão no Tocantins

Assista aos vídeos mais recentes do g1 AL

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui