EUA anunciam US$ 6 bilhões para redução de emissões na indústria

0
7
eua-anunciam-us$-6-bilhoes-para-reducao-de-emissoes-na-industria
EUA anunciam US$ 6 bilhões para redução de emissões na indústria

O governo de Joe Biden destinará recursos para descarbonização de instalações industriais nos EUA, especialmente nas áreas de cimento, ferro e aço, e de alimentos. 

Os Estados Unidos deverão destinar até US$ 6 bilhões nos próximos meses para financiar projetos de descarbonização de instalações industriais, anunciou a Casa Branca nesta 2ª feira (25/3). A medida, que faz parte do pacote climático aprovado no âmbito da Lei de Redução da Inflação (IRA), beneficiará em especial as indústrias com maior pegada de carbono, como metalurgia, siderurgia, cimento e alimentação.

De acordo com o Departamento de Energia dos EUA, os recursos serão destinados a 33 projetos em 20 estados norte-americanos. Ao todo, a expectativa é de que eles viabilizem uma redução de mais de 14 milhões de toneladas métricas de dióxido de carbono (CO2) por ano, o que equivale às emissões anuais de 3 milhões de automóveis a combustão.

Como destacou o Guardian, o setor industrial é responsável por cerca de 1/4 das emissões norte-americanas de gases de efeito estufa e representa um dos principais obstáculos para a descarbonização da indústria do país, por conta do uso intensivo de energia. A iniciativa é a primeira do governo dos EUA para enfrentar esse desafio na indústria.

“Graças à estratégia industrial do presidente Joe Biden, estamos fazendo o maior investimento em descarbonização industrial na história dos EUA”, afirmou a secretária de energia, Jennifer Granholm. “Estes investimentos reduzirão as emissões destes setores difíceis de descarbonizar e garantirão que as empresas e os trabalhadores norte-americanos permaneçam na vanguarda da economia global”.

O anúncio acontece em meio a um esforço da Casa Branca para divulgar as “credenciais verdes” de Biden na corrida pela reeleição à Presidência dos EUA. O atual presidente vem destacando o IRA e outras iniciativas climáticas de sua gestão, além de apontar o negacionismo de seu adversário e antecessor, o ex-presidente Donald Trump. 

Mais recentemente, os dois lados se envolveram em uma disputa de narrativas sobre os veículos elétricos, um dos principais carros-chefes da política climática de Biden. Enquanto o presidente democrata defende a adoção dessa tecnologia na frota automotiva norte-americana, o candidato republicano apela para comparações “sangrentas”, por assim dizer, para espalhar medo e desinformação sobre o assunto.

ABC News, Associated Press, Axios, Bloomberg, Financial Times, NY Times, Reuters e Washington Post, entre outros, repercutiram a notícia.

ClimaInfo, 26 de março de 2024.

Clique aqui para receber em seu e-mail a Newsletter diária completa do ClimaInfo.

Você também pode se interessar

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui