Clima extremo: tempestade Jocelyn causa destruição no Reino Unido

0
24
clima-extremo:-tempestade-jocelyn-causa-destruicao-no-reino-unido
Clima extremo: tempestade Jocelyn causa destruição no Reino Unido

Tempestade que chegou ao país no início da semana está atingindo todo o leste europeu e ainda afetando viagens e infraestrutura energética no noroeste continental.

A tempestade Jocelyn atravessou o Reino Unido com rajadas de vento de até 150 km/h varrendo o país. A 3ª feira (23/1) foi marcada por temporais em algumas partes do país, com fortes rajadas de vento em grande parte do território britânico na manhã do dia seguinte.

A rajada mais forte, de 157 km/h, foi registrada em Capel Curig, no norte do País de Gales. Na Escócia, os trens pararam de circular na noite de terça. Aliás, Jocelyn interrompeu as viagens em grande parte do Reino Unido, menos de dois dias depois da tempestade Isha ter deixado duas pessoas mortas e milhares sem energia, lembra o Guardian.

E os efeitos se estenderam ao continente europeu, segundo a Bloomberg. O serviço meteorológico nacional da Alemanha alertou que áreas costeiras do país podiam sofrer rajadas semelhantes às de um furacão, enquanto os alertas de ventos fortes permaneceram em vigor para a maior parte do Reino Unido na 4ª feira (24/1). Alertas similares vigoraram na Holanda, França e Bélgica.

A BBC destaca que tem sido um outono e inverno particularmente tempestuosos na Europa e no Reino Unido. Afinal, Jocelyn foi a décima tempestade nomeada da temporada. E já está a caminho a próxima tempestade nomeada – Kathleen.

As tempestades foram impulsionadas principalmente por uma poderosa corrente de jato – ventos rápidos na alta atmosfera – que atravessa o Atlântico vinda dos Estados Unidos, explica a Bloomberg. Entretanto, segundo especialistas, o El Niño também tem impacto na atual temporada. E não se pode desconsiderar o peso das mudanças climáticas nesse cenário.

A chegada de Jocelyn e seus efeitos na Europa foram noticiados também por Daily Mail, CNN e Sky News.

Em tempo: A Califórnia foi atingida por tempestades nesta semana, e a situação foi particularmente dramática em San Diego. Foram registrados níveis recordes de chuva na cidade que provocaram inundações. Centenas de pessoas tiveram que ser resgatadas de áreas alagadas enquanto o rio San Diego transbordava, alimentado por chuvas torrenciais que deixaram a cidade às voltas com o quarto dia mais chuvoso de sua história, explica o Guardian. Autoridades locais decretaram estado de emergência, e centenas de pessoas desalojadas foram deslocadas quando a água chegou aos abrigos onde estavam. Os residentes descreveram fugas angustiantes do Bridge Shelter do Projeto Alpha, que foi rapidamente inundado e ficou com água na altura da cintura. O abrigo já havia sido inundado em 2018. Bloomberg, New York Times, Fox, NBC, AP e CBS também noticiaram as tempestades e as inundações em San Diego e outras áreas da Califórnia.

ClimaInfo, 26 de janeiro de 2024.

Clique aqui para receber em seu e-mail a Newsletter diária completa do ClimaInfo.

Você também pode se interessar

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui