Raio que matou touros da raça nelore deixou marcas em árvore e prejuízo de R$ 200 mil; VÍDEO

0
27
raio-que-matou-touros-da-raca-nelore-deixou-marcas-em-arvore-e-prejuizo-de-r$-200-mil;-video
Raio que matou touros da raça nelore deixou marcas em árvore e prejuízo de R$ 200 mil; VÍDEO

Diversos bois e touros mortos, risco de choques e prejuízos financeiros que chegam a quase R$ 200 mil. Esses têm sido os resultados da grande quantidade de descargas elétricas que atingiram solo tocaninenses neste período de chuvas. Em uma fazenda do interior do estado, dois raios que caíram ao mesmo tempo mataram animais. Um deles deixou marcas em uma árvore.

O caso aconteceu em Alvorada, no sul do estado. A distância das descargas foi de 12 quilômetros uma da outra. O vaqueiro Vilmar Ferreira Campos estava próximo a um dos pontos e contou que o susto foi no momento em que ele fecharia um colchete, espécie de fechadura para portões.

“Eu só senti o ‘estralo’, já veio o choque nas minhas costas. Aí o cavalo me atropelou e quando eu olhei pra frente aquele monte de vaca caindo e levantando, caindo e levantando. Por uma questão de segundos ali eu não tinha pegado o pior. Foi num piscar de olhos”, disse o vaqueiro.

Um dos pontos também estava com diversos bezerros e vacas tentando se abrigar. Uma delas acabou morrendo eletrocutada.

Árvore ficou marcada por raio — Foto: TV Anhanguera/Reprodução

Também é possível ver as marcas do raio que atingiu a vaca em um árvore. A descarga se espalhou por todo o tronco.

No outro ponto da mesma propriedade, 14 touros da raça nelore, avaliados entre R$ 180 mil e R$ 200 mil também morreram após serem atingidos pelo raio.

“É uma fatalidade, fazer o que né? Coisa que vem lá de cima. Só Deus mesmo”, lamentou João Cardoso, gerente da fazenda.

Prejuízo pode chegar a R$ 200 mil — Foto: TV Anhanguera/Reprodução

Mais prejuízos e mortes

Em Paraíso do Tocantins, uma propriedade perdeu de uma vez 48 bois de engorda. Os animais estavam se abrigando embaixo de uma árvore durante um temporal. O caso aconteceu em dezembro de 2023. O proprietário Djalma Santana disse na época que o prejuízo foi de aproximadamente R$ 150 mil.

Animais estavam mortos debaixo de árvores — Foto: Divulgação

Nos últimos anos, o número de raios que atingiram o Tocantins quase dobrou. Confira:

Incidência de raios no Tocantins

Ano Quantidade de raios
2021 7.329.756
2022 8.361.763
2023 (jan a nov) 13.857.843

Segundo o porta-voz do Grupo de Eletricidade Atmosférica do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Elat/Inpe), Osmar Pinto Júnior, as mudanças climáticas têm relação com esse aumento.

“O aquecimento global ele causa um aumento das temperaturas e isso permite que uma maior quantidade de umidade fique presente na atmosfera. Tendo mais umidade, nós temos mais tempestades e com isso as tempestades ficam mais fortes. A situação é agravada com a presença do El Niño, que é outro fenômeno que tende a aumentar as tempestades”, explicou o especialista.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui