Petrobras retoma obras da Refinaria Abreu e Lima para ampliar produção de diesel fóssil no Brasil

0
32
petrobras-retoma-obras-da-refinaria-abreu-e-lima-para-ampliar-producao-de-diesel-fossil-no-brasil
Petrobras retoma obras da Refinaria Abreu e Lima para ampliar produção de diesel fóssil no Brasil

Apesar de emergência climática e acordo para países deixarem fósseis de lado, empresa pretende destinar US$ 17 bilhões para refino, segundo plano de negócios 2024-2028.

O presidente Lula foi a Pernambuco na 5ª feira (18/1) para participar da cerimônia que marcou o início das obras de expansão da Refinaria Abreu e Lima, da Petrobras. Com o projeto, a petroleira pretende aumentar em 40% a produção nacional de diesel fóssil.

As obras da refinaria foram paralisadas em 2015, após a descoberta do esquema de corrupção investigado pela Operação Lava Jato. Naquela época, apenas a primeira fase havia sido concluída, tendo sido inaugurada no ano anterior, explica a Folha.

A retomada da ampliação da refinaria vai mais que dobrar a capacidade de processamento da unidade. Segundo a estatal, após a conclusão das obras, em 2028, Abreu e Lima vai aumentar sua capacidade de refino dos atuais 100 mil barris de petróleo por dia para 260 mil, destaca o Poder 360. Nem parece o mesmo país que promete, em 2025, na COP30, levar o restante do mundo a cortar suas emissões de gases estufa.

O plano de negócios 2024-2028 da estatal, divulgado no ano passado, dá uma pista de que o refino de petróleo continua tendo mais importância para a Petrobras do que a virada de chave para fontes renováveis de energia. O plano, que soma investimentos de US$ 102 bilhões nos próximos cinco anos, indicou uma cifra de US$ 17 bilhões para refino, transporte e comercialização. Já o valor previsto para projetos de baixo carbono totaliza US$ 11,5 bilhões.

A expansão de Abreu e Lima também foi noticiada por CNN, Forbes, Correio Braziliense, UOL, InfoMoney, Carta Capital, epbr, Agência Brasil, Brasil de Fato, O Globo e Estadão.

ClimaInfo, 19 de janeiro de 2024.

Clique aqui para receber em seu e-mail a Newsletter diária completa do ClimaInfo.

Você também pode se interessar

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui