Parque eólico na Bahia recebe o maior financiamento da história do BNDES para energia renovável 

0
27
parque-eolico-na-bahia-recebe-o-maior-financiamento-da-historia-do-bndes-para-energia-renovavel 
Parque eólico na Bahia recebe o maior financiamento da história do BNDES para energia renovável 

Projeto da Casa dos Ventos e da ArcelorMittal receberá R$ 3,2 bilhões do banco e vai produzir energia suficiente para abastecer 1,37 milhão de domicílios

O BNDES vai desembolsar R$ 3,2 bilhões para um novo complexo eólico no centro-norte da Bahia. É o maior volume já financiado pelo banco estatal de fomento para um empreendimento de geração renovável.

O projeto, de 553,5 MW, está sendo desenvolvido pela Ventos de Santo Antônio Comercializadora de Energia, joint-venture entre a Casa dos Ventos e a ArcelorMittal. Os recursos do BNDES correspondem a 80% do valor total do projeto, de R$ 4,2 bilhões, informa o Estadão.

Batizado como Babilônia Centro, o novo parque eólico será implantado nos municípios baianos de Morro do Chapéu e Várzea Nova e deverá entrar em operação em outubro de 2025. A capacidade instalada pode abastecer cerca de 1,37 milhão de domicílios, mas a eletricidade será consumida pela ArcelorMittal, correspondendo a 40% de seu consumo elétrico no Brasil.

Babilônia Centro vai permitir que a ArcelorMittal Brasil seja autoprodutora de energia por meio do maior contrato corporativo de energia renovável celebrado no país, explica a epbr. O contrato terá duração de 20 anos, renováveis por mais 15, com a possibilidade de venda da energia excedente.

Há previsão que sejam criados 1,5 mil postos de trabalho diretos e 3 mil indiretos durante a implantação do empreendimento. Após a conclusão, o complexo eólico deverá empregar diretamente 80 funcionários e, indiretamente, outros 150 trabalhadores.

Espera-se que a implantação de Babilônia Centro não repita os erros que vêm ocorrendo em vários projetos eólicos na região Nordeste. Há usinas que vêm afetando o dia a dia de comunidades do entorno, além da falta de clareza nos contratos de arrendamento com pequenos proprietários e concentração de terras, mostra um levantamento do Inesc e do Nordeste Potência.

Investing.com, Canal Energia, EnergiaHoje, Diário do Nordeste, Brasil 247 e Petronotícias também noticiaram o financiamento recorde do BNDES para um projeto de geração renovável de energia.

ClimaInfo, 17 de janeiro de 2024.

Clique aqui para receber em seu e-mail a Newsletter diária completa do ClimaInfo.

Você também pode se interessar

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui