Com novo governo, Polônia quer dar fim ao uso do carvão na geração elétrica

0
23
com-novo-governo,-polonia-quer-dar-fim-ao-uso-do-carvao-na-geracao-eletrica
Com novo governo, Polônia quer dar fim ao uso do carvão na geração elétrica

Eleições encerraram oito anos de governo do partido nacionalista de direita; nova liderança, de centro, está aumentando esforços ambientais

Eleito em outubro de 2023, o novo governo da Polônia anunciou a sua ambição de tornar o país um protagonista verde na Europa. Os planos envolvem uma meta de reduzir 90% das emissões polonesas de gases de efeito estufa até 2040 e acelerar o fim do carvão no país, impondo uma data limite para seu uso.

Atualmente a Polônia gera 70% da sua eletricidade e dois terços do seu aquecimento doméstico a partir do carvão. Como a mineração do combustível fóssil é uma atividade econômica essencial nas zonas rurais, a manutenção do apoio estatal ao carvão foi parte central dos governos anteriores do partido nacionalista Lei e Justiça, explica o Climate Change News. Com o novo governo, de centro, assumindo o comando, os planos foram alterados.

“Apenas com uma data limite podemos nos planejar e apenas com uma data limite a indústria pode planejar, as pessoas podem planejar. Então, sim, com certeza, tentaremos estabelecer uma data limite”, disse a secretária polonesa para o Clima, Urszula Zielinska, em Bruxelas.

Os comentários de Zielinska marcam a mudança de tom da Polônia, que se opôs a certas medidas ambientais da União Europeia. Varsóvia levou Bruxelas aos tribunais no ano passado para tentar anular as políticas climáticas da UE, incluindo a proibição, até 2035, de novos carros que emitem CO2, detalham Reuters e Folha.

Euractiv e oilprice.com também repercutiram os planos da Polônia de banir o carvão.

ClimaInfo, 17 de janeiro de 2024.

Clique aqui para receber em seu e-mail a Newsletter diária completa do ClimaInfo.

Você também pode se interessar

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui