Casas ficam sem energia após raio atingir rede elétrica de Paraíso do Tocantins

0
36
casas-ficam-sem-energia-apos-raio-atingir-rede-eletrica-de-paraiso-do-tocantins
Casas ficam sem energia após raio atingir rede elétrica de Paraíso do Tocantins

Segundo a Energisa mais de 4 mil raios caíram no Tocantins, sendo que a maioria foi na região central. Estado continua com alerta para chuvas intensas.


Tocantins tem muita atração de raios pela posição geográfica e clima — Foto: Divulgação

Vários moradores de Paraíso do Tocantins ficaram sem energia nesta quarta-feira (10). Isso porque um raio causou a interrupção no fornecimento de energia na cidade. Segundo a Energisa mais de 4 mil raios caíram no Tocantins, sendo que a maioria foi na região central do estado. A energia foi estabilizada por volta das 15h.

O Tocantins está com com dois alertas de chuvas intensas. De acordo com o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), as regiões sul e central possuem um alerta laranja, que indica perigo. O aviso vai até às 10h desta quinta-feira (11).

Em imagens, é possível ver que além da região central, a região sul também teve uma grande quantidade de descargas atmosféricas.

Mapa mostra as regiões que tiveram descargas atmosféricas no Tocantins — Foto: Reprodução/NetClima

Dados disponibilizados pela concessionária mostram que o número de descargas atmosféricas aumentou nos últimos seis anos. Só no ano passado mais de 5 milhões de raios foram registrados, o que significa um aumento de 50%, se comparado a 2022. Veja os números abaixo:

Descargas atmosféricas no Tocantins

Ano Nº de raios registrados
2018 895.587
2019 2.182.732
2020 2.533.330
2021 3.488.190
2022 3.424.654
2023 5.104.625

O estado tem registrado vários casos de chuvas fortes, com queda de árvores, destruição de imóveis e ruas alagadas. Essas mudanças climáticas são causadas pelo fenômeno climático El Niño, que deve durar até abril deste ano.

Como evitar acidentes

Mais de 4 mil raios caíram nas regiões sul e central do Tocantins nesta quarta-feira (10) — Foto: Reprodução/Rafael Batista

  • Para evitar o risco de lervar um choque, evite manusear aparelhos elétricos com as mãos molhadas, pés descalços e tocar nas partes metálicas dos objetos. A dica vale para qualquer período do ano, mas em dias de chuva a recomendação é ter mais atenção
  • Caso perceba que alguma parede da sua casa está úmida, não ligue equipamentos elétricos em tomadas instaladas nela. As paredes podem ser fonte de choques e mau funcionamento de equipamentos, causando danos aos aparelhos
  • Não faça manutenções quando estiver chovendo. Em telhados, existe o risco de ser atingido por raios e, em equipamentos elétricos ligados à tomada, há chance de choque elétrico. Em caso de alagamento, curto-circuito ou princípio de incêndio dentro de casa, desligue imediatamente o disjuntor
  • Fique longe de áreas abertas, como campos de futebol. Também mantenha distância de piscinas, lagos, árvores, antenas e locais elevados.
  • Evite encostar em grades e objetos metálicos, não se abrigue em lugares descampados, próximo de postes ou embaixo da fiação elétrica. Esses locais se tornam perigosos por causa do risco de descargas elétricas naturais, como raios;
  • Se observar fios caídos, objetos ou pessoas em contato com a rede elétrica, galhos ou árvores entre a fiação, não se aproxime e entre em contato imediatamente com a Energisa
  • Em caso de ventania, se algum objeto foi arremessado na rede elétrica, como placas, árvores, entre outros, não se aproxime ou tente afastar a fiação. Entre em contato com a Energisa e aguarde em local seguro, longe dos fios.
  • Em caso de emergência, entre em contato com o Corpo de Bombeiros pelo 193. Para alertar a Energisa sobre problemas na rede elétrica ligue no telefone 0800 70 10 326 ou pelos meios digitais como aplicativo e site.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui