Candidatos de baixa renda terão acesso a isenção da taxa de inscrição para o concurso do MPTO

0
30
candidatos-de-baixa-renda-terao-acesso-a-isencao-da-taxa-de-inscricao-para-o-concurso-do-mpto
Candidatos de baixa renda terão acesso a isenção da taxa de inscrição para o concurso do MPTO

O Ministério Público do Tocantins (MPTO) incluiu algumas mudanças no edital do concurso público. Uma delas foi o acesso a isenção da taxa de inscrição para pessoas de baixa renda e que possuem o CadÚnico. As inscrições para o concurso já estão abertas e encerram no dia 19 de janeiro. São ofertadas 54 vagas com salários que variam entre R$ 4.657,34 a R$ 10.056,33.

A solicitação da isenção para baixa renda começa às 10h desta quinta-feira (11) e vai até o dia 15 de janeiro, às 18h. Já para as outras formas de isenção como mulheres que tenham participado de programas de direcionamentos ao aleitamento materno e eleitores que tenham prestado serviço à Justiça Eleitoral durante as eleições, o prazo encerra nesta quarta-feira (10), às 18h.

A taxa de inscrição será no valor de R$130,00 para nível superior e de R$100,00 para nível médio, devendo ser pagas até 24 de janeiro.

As mudanças no edital também são para a área de conhecimento exigida na prova. A partir de agora, a prova terá questões sobre a história do Tocantins. A banca responsável pela aplicação do concurso é o Centro Brasileiro de Pesquisa em Avaliação e Seleção e de Promoção em Eventos (Cebraspe).

Cargos e salários

Os salários variam de acordo com a vagas. Para analista ministerial especializado o salário é de R$ 10.056,33, já para técnico ministerial especializado é de R$ 5.184,60, e técnico ministerial R$ 4.657,34. Todos os cargos possuem carga horária de 40 semanais.

Os candidatos poderão se candidatar a duas vagas, desde que sejam para níveis diferentes. Confira os cargos ofertados abaixo:

  • 20 vagas para assistente administrativo;
  • 9 para técnico em informática;
  • 4 para técnico em contabilidade;
  • 2 para análise de sistemas;
  • 2 para assistência social;
  • 2 para ciências contábeis;
  • 2 para psicologia;
  • 1 para administração de banco de dados;
  • 1 para administração de infraestrutura de tecnologia da informação;
  • 1 para administração e segurança de redes;
  • 1 para arquitetura e urbanismo;
  • 1 para biblioteconomia;
  • 1 para engenharia civil;
  • 1 para jornalismo;
  • 1 para letras;
  • 1 para odontologia;
  • 1 para pedagogia;
  • 1 para técnico em eletricidade;
  • 1 para fotografia;
  • 1 para técnico em telecomunicações.

Segundo o edital, o concurso terá vagas destinadas a pessoas com deficiência e pessoas autodeclaradas negras ou pardas. A maioria é destinada para cadastro reserva.

A aplicação da prova está prevista para o dia 3 de março deste ano. O gabarito preliminar deve ser divulgado no dia 8 e o resultado final no dia 26 do mesmo mês.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui