Extremos climáticos: após sofrer com seca, Manaus enfrenta fortes chuvas e inundações

0
34
extremos-climaticos:-apos-sofrer-com-seca,-manaus-enfrenta-fortes-chuvas-e-inundacoes
Extremos climáticos: após sofrer com seca, Manaus enfrenta fortes chuvas e inundações

Após estiagem extrema que fez rio Negro atingir menor nível em 120 anos e ar poluído por causa de queimadas, capital amazonense sofre com chuvas.

Nos últimos meses Manaus sofreu com uma seca extrema, efeito do El Niño e das mudanças climáticas. A estiagem fez disparar o número de queimadas no entorno da capital do Amazonas, que registrou em alguns dias um dos piores níveis de poluição do ar do planeta por causa da fumaça desses incêndios. E nesse fim de semana, a chuva, tão esperada pelos manauaras, veio com força além da conta e provocou estragos em várias áreas da cidade.

Uma das cenas mais impressionantes por causa da tempestade foi quando uma casa flutuante de madeira deslizou por um barranco e foi arrastada pela correnteza na manhã de domingo (17/12) no bairro de Educandos, Zona Sul da capital, mostra um vídeo reproduzido por CNN e g1. Uma mulher, que fez as imagens, fala que os pertences do dono do imóvel estavam dentro da residência.

Moradores de Educandos temiam novos deslizamentos na área, informa o g1. Segundo relatos de testemunhas, o barranco, situado no Beco Corinthians, continua cedendo e mais de 30 pessoas que moram no local estão sendo afetadas. Segundo o líder comunitário Gil Eanes, que também mora no local, o barranco desaba devido às mudanças do curso do igarapé e que já reivindicou da Prefeitura de Manaus uma solução para o problema.

Na Zona Norte de Manaus, ruas ficaram alagadas e vários carros foram submersos. A situação começou ainda na manhã de sábado, quando a forte chuva começou a atingir a cidade. Com a inundação, donos de veículos que moram em condomínios ou estavam em lojas próximas ao local correram para tentar salvar seus carros, relata o g1.

No Centro da cidade, uma árvore centenária caiu numa rua e deixou a região sem fornecimento de energia elétrica. Lojistas contaram ao g1 que a árvore caiu por volta de 7h30 de sábado, quando a chuva começou a se intensificar na capital amazonense.

Os fortes ventos associados à tempestade também derrubaram estruturas metálicas na ponte sobre o rio Negro, mostra o Portal do Holanda. Segundo as informações, o material pertencia a uma empresa de publicidade.

ClimaInfo, 19 de dezembro de 2023.

Clique aqui para receber em seu e-mail a Newsletter diária completa do ClimaInfo.

Você também pode se interessar

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui