J

0
73

Restituição imediata e integral do bem furtado, por si só, não justifica o princípio da insignificância

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui