Tragédia: mais uma morte é confirmada após fortes chuvas no Sul

0
43
tragedia:-mais-uma-morte-e-confirmada-apos-fortes-chuvas-no-sul
Tragédia: mais uma morte é confirmada após fortes chuvas no Sul

Já são oito as mortes pelas tempestades na região. Em Porto Alegre, Lago Guaíba tem cheia histórica, rompe comporta e inunda ruas.

O governo do Rio Grande do Sul confirmou na 3ª feira (21/11) mais uma morte causada pelas enchentes que atingem o estado desde o fim de semana. A vítima é uma mulher de 67 anos, não identificada, que foi encontrada morta em uma casa alagada em Eldorado do Sul, na Região Metropolitana de Porto Alegre.

Com isso, já são oito o número de mortos em decorrência das tempestades que atingiram a região nos últimos dias. Até o momento são cinco mortes no Rio Grande do Sul e três em Santa Catarina, informa o g1.

As fortes chuvas fizeram o Lago Guaíba, que banha a capital gaúcha Porto Alegre, atingir no fim da manhã de 3ª feira a cota de 3,43 metros, registrando sua maior cheia desde 1941, quando o registro foi de 4,76 metros. Como lembra a Folha, o nível da água superou duas grandes cheias: a de setembro último (3,18 metros) e a de setembro de 1967 (3,13 metros). 

Na noite de 2ª feira (20/11), quando o Guaíba já atingia 3,30 metros, uma das comportas instaladas na cidade para conter suas águas cedeu, informam g1, Jornal do Comércio, UOL, Estadão, CNN, Correio Braziliense, Terra e TV Cultura. Com isso, várias ruas de Porto Alegre foram tomadas pelas águas.

A inundação foi registrada no Quarto Distrito da cidade. As águas também atingiram os trilhos da Empresa de Trens Urbanos de Porto Alegre (TRENSURB), fechando as estações Mercado, Rodoviária e São Pedro.

Em tempo: As chuvas e a ondas de calor extremo que assolaram as regiões Sul e Sudeste no mês de novembro deixaram pelo menos 19 mortos em quatro estados, relata O Globo. Além dos oito mortos no Sul, houve sete mortes em São Paulo e duas em Minas Gerais por causa das chuvas. Já o calor matou um menino em São Paulo, após ser esquecido em uma van, e pode ter causado a morte de uma fã da cantora Taylor Swift em seu primeiro show no Rio de Janeiro.

ClimaInfo, 22 de novembro de 2023.

Clique aqui para receber em seu e-mail a Newsletter diária completa do ClimaInfo.

Você também pode se interessar

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui